O plano de 7 etapas de mudança do comportamento II

Novembro 18, 2011 at 7:15 pm

A Diversidade gay – colocando em prática o plano de 7 etapas.

O plano de ação tem sua origem no ECOSOC (Conselho econômico e social da ONU), os aderentes gays da nova era começam a elaborar o seu terrível e assustador plano lendo o artigo II sobre os direitos humanos:
Artigo II.

1. Todo ser humano tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, idioma, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição.

A inspiração nesse caso está na seguinte frase: “direitos e liberdades sem distinção de qualquer espécie”. Para decidir como serão aplicadas as mudanças de comportamento na população, são realizados fóruns sobre o tema “diversidade gay”.

Após realizarem uma consulta em grupo dividida em: 1) Definição, 2) Fatos, 3) princípios, 4) discussão, 5) votação; o plano de 7 etapas de mudança do comportamento é aprovado por ONGs gays com representação na ONU e começa a ser colocado em prática, como por exemplo, o PL.122 no Brasil.
a) Ações presentes:

Etapa 1 – Substituição da verdade absoluta pela relativa.

Aos poucos e de forma discreta começam a surgir gays na mídia, as pessoas sem discernimento espiritual ficam surpresas, enquanto os cristãos verdadeiros reprovam totalmente essa conduta inspirados em Romanos capítulo um.

Etapa 2 – As crenças antigas são abandonadas.

Com a repetição gradativa de gays pela mídia, as pessoas começam a achar que o homossexualismo é algo normal e já não se incomodam com a presença de gays na TV.

Etapa 3 – As novas metas começam a ser aplicadas em escala mundial.

Quando menos esperamos, já não nos assustamos com as diversas aparições dos gays na mídia, eles estão por todas as partes:  são destaques em programas de auditório, se transformam em apresentadores de programas  e são convidados pelas emissoras de TV para explicarem melhor sobre esse novo “modo de vida alternativo”. Com a ajuda das paradas gays e de toda a propaganda da mídia e o surgimento de ONGS gays, as pessoas as pessoas começam a despertar um sentimento de solidariedade com o movimento, transformando-se em simpatizantes.

Nessa etapa os gays possuem a aprovação de uma boa parte da população. Encontram-se organizados em ONGs e recebem apoio de empresários, gays milionários e do governo local.

Agora literalmente os gays “saíram do armário”(agora ser gay se transformou em algo bom e lucrativo). Nessa etapa eles começam a implantar a sua ditadura, impondo regras de mudança de comportamento para a sociedade ( PL.122). Os líderes evangélicos são obrigados a se organizarem para defender suas respectivas igrejas.

Isso começa a gerar um conflito esperado pela ONU e que pode durar algum tempo. Afinal, os gays querem a aprovação desse projeto na íntegra. Quando ambas as partes estiverem cansadas no mundo inteiro e clamarem por uma solução estarão preparadas para a etapa 4.

Etapa 4 (o vale da unidade) – As Mudanças começam a gerar conflitos em todas as áreas para que sejam resolvidos na assembélia mundial.
Questões complexas dificilmente serão resolvidas pelo governo local. Para resolver tal questão será criada uma assembléia mundial formada por representantes da sociedade (inclusive evangélicos), dessa forma todos devem participar do governo mundial.

b) Ações futuras:

Etapa 5 – Após o dia da revelação as pessoas aceitarão a unicidade como forma de governo e os conflitos começam a ser resolvidos.
Somente uma aparição satânica criando uma falsa sensação de paz e solidariedade poderá resolver não só esse, mas, todos os conflitos gerados pela aplicação do plano de 7 etapas de mudança do comportamento em todas as áreas sociais. Assim como a bebida e as drogas levam as pessoas a loucura e euforia, o dia da revelação fará o mesmo efeito. Nesse dia, a Grande Confederação Mundial e o Grande Executivo Mundial tomarão as devidas providencias, que exigirá sacrifícios em nome do bem maior “a diversidade”. Nesse momento ocorrerá a volta de Sodoma e Gomorra no mundo inteiro:
Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno. (Judas 1 : 7)

Etapa 6 – Surgem provas científicas sobre a revelação sobre a revelação e a nova religião finalmente é declarada.

Para que a falsa chamada solidariedade não se apague, os cientistas apresentarão provas cientificas e materiais comprovando a veracidade dos fatos ocorridos. Isso aumentará mais ainda o espírito de unicidade global.

Etapa 7 – A unicidade persegue e mata os opositores, logo em seguida surge a Nova Ordem Mundial formada por uma economia materialista e ao mesmo tempo espiritualista.

Um dos principais itens em que a população global (neste caso gays e simpatizantes) deve cooperar com o governo mundial é a diversidade.

Mesmo chegando na etapa 7, os cristãos que ainda estiverem por aqui não mudaram sua opinião: Romanos capitulo um é a verdade! Nesse momento triste da história a unicidade será criada.

O governo colocará a mídia contra os cristãos. Os novos cidadãos globais em um ato de cooperação com a nova ordem mundial entregarão os cristãos para que sejam presos e posteriormente mortos pelo governo mundial. Após essas mortes a nova ordem econômica mundial surgirá possuindo valores espirituais e materiais.

E assim o mundo caminhará rapidamente para a sua total destruição. Resumindo: os gays, simpatizantes e a sociedade sem discernimento espiritual se transformarão em delatores, e amarão tanto a nova ordem mundial que serão capazes de matar (mesmo que de forma indireta)em nome da “diversidade gay”. No governo mundial ser gay ou supostamente proteger o planeta tem mais valor do que a vida humana. O chamado “direitos humanos” não existe e nunca existirá.

Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. (Romanos 1 : 22)

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

O Milênio da Nova Ordem Mundial Qual o objetivo final dos direitos humanos?


Categorias

Arquivos