A origem da ONU – parte III

Dezembro 9, 2008 at 7:07 pm

bahaullah

Você está preparado para enfrentar a Nova Ordem Mundial? A  Ordem Mundial  Illuminati e a Ordem Mundial de Baha’u’llah estão implantando gradualmente os seus respectivos planos de governo na sociedade. Acompanhe o progresso de cada uma através das notícias do dia a dia sem a manipulação  da mídia e como discernir esses dois sistemas de governo.

Resumo: Nove anos após a proclamação do Báb (1844), surge a mística proclamação do profeta sem rosto chamado Baha’u’llah (1853). O bahaismo agora não se limitou apenas à uma mudança no islã, mas em uma construção de uma nova ordem mundial política, social e econômica que abrangerá toda a terra. Para que tudo funcione de acordo com o seu projeto, o arquiteto do universo provoca a divisão na maçonaria. Agora com todos os seus livros e epístolas terminados só falta escolher os locais para a construção de suas instituições “divinamente” ordenadas.

Após a morte do Báb, os seguidores da fé báb (os babis ) ficaram indignados com o martírio de seu mestre e realizaram um atentado frustrado ao Xá da Pérsia. Alguns foram colocados pelo Xá em uma prisão chamada Siyáh-Chál (a cova negra localizada no Teerã ), entre os prisioneiros estava um discípulo do Báb chamado Mírzá Husayn’ ‘Ali (1817-1892).

Exatamente como o Báb anunciou em seu livro (o Bayán) , após 9 anos e em 1269 AH, ano nove do calendário islâmico (1853 do nosso calendário), Mirzá Husayn é acordado por uma Donzela ornamentada (a bíblica Rainha dos Céus ) e estas palavras foram ouvidas em toda parte : “Verdadeiramente, Nós Te faremos vitorioso por Ti Mesmo e por Tua pena. Não Te aflijas pelo que Te há acontecido, nem temas, por que Tu estás em segurança. Muito breve Deus levantará os tesouros da terra – homens que Te auxiliarão por meio de Ti Mesmo e de Teu Nome, com que Deus revigorou os corações daqueles que O reconheceram.”

E nesse ambiente fétido e cheio de insetos, da prisão de Siyáh-Chál  em  Teerã , o corpo de Mirzá Husayn foi revestido de poder e passou a se chamar Baha’u’llah (que significa a glória de Deus). O espírito que se apossou do seu corpo era tão forte que mesmo acorrentado e vivendo nessas condições não foram capaz de impedir a criação dos alicerces da nova ordem em seus livros e epístolas.

O prometido (o senhor das religiões) chegou, proclama os Bahá’is pelos quatro cantos do mundo! Para a ONU ele é o cristo da nova era que concretizará as oito metas do milênio, para os maçons ele é o Grande Arquiteto do Universo, ele é o estadista José aguardo por Edir Macedo (dona da IURD) que lhe cobrirá com riquezas infinitas e prosperidade, para o Báb ele completou a tríade da economia divina (Sinal, nome e número de letras de seu nome) , ele foi o décimo segundo Imã oculto descendente de ali dos xiitas, o Imã Rusayn aguardado pelos sunitas, o Shah Bahram (o maitreya), anunciado por Zoroastro que triunfaria sobre Ahriman e inauguraria uma nova era em seu cavalo branco e para os cristãos verdadeiros o oitavo rei descrito no livro de Apocalipse.

A genealogia de Baha’u’llah

Por um lado era Ele descendente de Abraão , através da esposa, Katurah, e, por outro, de Zoroastro, bem como de Yazdigird, último rei da dinastia de Sasániyán. Era descendente, também, de Jessé, e pertencia – do lado de Seu pai, Mírzá ‘Abbás (parente de Bostanai) , mais conhecido como Mírzá Buzurg – um nobre intimamente associado com os círculos ministeriais da Corte de Fath-‘Alí-Sháh – a uma das famílias mais antigas e de maior renome de Mázindarán.

A proclamação de Baha’u’llah atingiu proporções mundiais e não se limitou a uma renovação no islã. Os antigos babis agora passaram a se chamar Bahá’is A primeira função dos Bahá’is era espalhar as boas novas e colonizar a Rússia. O imperador Czar Nicolau II foi o primeiro a ouvir o seu clamor e aceitá-lo como deus. Isso provocou uma divisão na maçonaria que causou o seu assassinato em um ritual Ritual Maçônico. Baha’u’llah continuava a enviar epístolas para os dois lados da maçonaria e quanto mais ele fazia isso, mais atiçava a ira nas duas divisões. Albert Pike (um maçom materialista) x Czar Nicolau II (um maçom espiritualista) foram um exemplo dessa divisão.

Ele continuou a escrever a sua obra em várias prisões, mas foi cidade -prisão de Akká que surgiu o livro mater, o Kitáb-i- aqdas ,em 1873, a carta magna da nova ordem mundial. Em 1877, com a ajuda do Imperador Czar Nicolau II, Baha’u’llah sai da prisão e vai morar em sua mansão em Akká. Em 1891 Bahá’u’lláh revela a Epístola ao Filho do Lobo que se transformou em seu testamento. Em 1892, após uma breve enfermidade, falece Baha’u’llah na sua mansão- santuário em Akká.

Após nove dias do seu falecimento, o seu testamento com nove lacres foi aberto. Um dos principais documentos era a epístola o filho do lobo que foi direcionada principalmente para as seguintes personalidades: Ao Papa Pio IX, para o Imperador da Áustria, outra epístola para Napoleão III , um clamor aos principais governantes da época para se unirem na futura ONU e uma epístola para a Rainha Vitória dizendo que da sua descendência nasceria o grande executivo mundial ( o Anticristo).

Em 1893, um ano após a morte de Baha’u’llah, surge a primeira instituição divina do seu governo “ O Parlamento das religiões” em Chicago. Os registros da conferência assinalam uma palestra proferida pelos Reverendos presbiterianos George A. Ford e Henry H. Jessup. O parlamento das religiões foi a primeira instituição a receber o sinal de Baha’u’llah que é a estrela de nove pontas.

Durante a proclamação do Báb e Baha’u’llah quatro igrejas cristãs foram tragadas pelo seu governo, que são: As testemunhas de Jeová, A igreja Adventista do Sétimo dia, A igreja Mormom e a igreja presbiteriana.

Com a Rússia devidamente inserida na nova ordem mundial, agora é a vez da fé Bahá’i adestrar os Estados Unidos da América, Europa, Inglaterra, Egito e Haifa (Israel). Por isso Baha’u’llah designou e treinou o seu filho Abdu’l’bahá para criar os alicerces da administração Bahá’i (a Casa Universal de Justiça) e a liga das Nações que se transformou hoje na ONU.

Advertisements

Entry filed under: 01-A origem da ONU.

A origem da ONU – parte II A origem da ONU – parte IV


Categorias

Arquivos


%d bloggers like this: